Dia Mundial da Sangria

Esta bebida super refrescante feita à base de vinho leva-nos de volta às longas noites quentes de verão passadas com os nossos amigos, não é verdade?

Apesar de em Portugal ser mais associada ao Verão, o dia da sua celebração acontece a 20 de Dezembro, mesmo em vésperas do Natal! Mas não é por isso que a tão apreciada Sangria deve ser esquecida. A escolha deste dia parece ter uma clara intenção de fazermos um break da lareira e dos vinhos mais consumidos nesta altura do ano e que nos recordemos dos brindes em meses mais quentes.

Há quem diga que as raízes da Sangria remontam às Caraíbas e que mais tarde se tornou numa bebida mais popular em Portugal, Espanha, Grécia e Inglaterra.

Podemos fazer Sangria com vários tipos de vinhos, que no fundo são a base da receita. O vinho tem um papel fulcral na qualidade e originalidade, e podemos utilizar vinho tinto, branco ou rosé, mas claro, nunca dois tipos diferentes misturados na mesma sangria!

Para uma Sangria ficar no ponto, em primeiro lugar deve colocar-se cerca de 1 litro de vinho num jarro. Depois, cortar e juntar várias peças de fruta ao seu gosto, podendo ser maçã, melão, limão, ou laranja. Para finalizar junta-se ainda gasosa e açúcar na quantidade que cada um quiser. Há também quem goste de incluir pau de canela ou flor de anis.

Dizem os antigos que a sangria “ajuda a combater a perda auditiva”, “gera efeitos positivos no sistema cardiovascular'' e que “tem valores nutricionais positivos devido aos minerais que estas contém”. Existe um ditado espanhol que refere: “Una sangría al día, el cuerpo te alegrería”, e se calhar têm razão!

Como é a sangria ao seu gosto? Faça a experiência nesta época natalícia e sirva aos seus amigos ou família um jarro desta bebida tão conhecida, e claro, ao lado de um dos vinhos da nossa seleção deste mês.

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos